WND Brasil lança em Cuiabá rede de Internet das Coisas dedicada ao Agronegócio Brasileiro

Evento em Cuiabá discutirá os benefícios do IoT para o campo

A WND Brasil lançará na próxima quinta-feira, dia 26/10, em Cuiabá, uma nova rede para conectividade dedicada à internet das coisas para o agronegócio. A rede beneficia as cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Sorriso, Cáceres, Sinop e Nova Mutum e segue sendo ampliada. Em todo o Brasil, a rede da WND Brasil já atende a mais de 80 milhões de pessoas. É uma rede pública que pode ser acessada por qualquer dispositivo com chip Sigfox, e está disponível em mais de 100 cidades brasileiras, além das principais regiões metropolitanas do país. Com tecnologia Low Power Wide Area (LPWA), a rede alia baixo custo de conexão, baixo consumo de energia e longo alcance que são três importantes diferenciais que permitem a implantação massiva de soluções de internet das coisas em diversos setores da economia.

Os investimentos da WND Brasil totalizam US$ 50 milhões e até o final do ano, a rede da WND Brasil estará cobrindo áreas onde vivem 100 milhões de pessoas – cerca de 50% da população brasileira. A WND Brasil é parte do Grupo WND, operadora da SigFox para toda a América Latina e Reino Unido.

Rede dedicada aos Agronegócio

O lançamento da rede no estado de Mato Grosso será durante o encontro “Internet das Coisas de Baixo Custo: uma nova rede para revolucionar o agro brasileiro”, que ocorrerá no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), em Cuiabá, a partir das 8h da próxima quinta-feira. O evento é organizado pela WND Brasil e Sistema Famato, com apoio da ABINC – Associação Brasileira de Internet das Coisas. Para participar, basta fazer a inscrição neste endereço: http://wndbrasil.com/agro-evento/. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 26/10.

Reunindo instituições de pesquisas e empresas, o encontro irá debater os benefícios que aplicações de IoT (Internet das Coisas) podem trazer para o mundo do agronegócio. A programação inclui palestras do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), da ABINC, da SIGFOX e uma exposição sobre a rede da WND em todo o país e, em particular, em Mato Grosso. Haverá também dois grandes painéis de debates com especialistas técnicos e representantes de empresas que já detém soluções em áreas do agronegócio. As empresas confirmadas são CPqD, Agrosmart, Hensys, Google Dev Group (Cuiabá), Logicalis, Agrusdata e Solinftec. Os painéis serão moderados por executivos da própria WND Brasil.

Confira a programação:

8h às 8h30 – Recepção e Credenciamento
8h30 às 8h45 – Abertura
8h45 às 9h – A importância da IoT para o Agro Brasileiro – ABINC
9h às 9h30 – Uma nova Rede IoT para o Agro Brasileiro – WND
9h30 às 9h45 – Use Cases de agronegócio no mundo – SIGFOX
9h45 às 10h45 – Painel: A tecnologia no ambiente do agronegócio
10h45 às 11h15 –  Coffee Break
11h15 às 11h45 – Os benefícios do IoT para o Agro Brasileiro – IMEA/ AgriHub
11h45 às 12h45 – Painel: Business Model de IoT para o Agro Brasileiro
12h45 às 13h – Encerramento
13h às 14h – Confraternização